NULIDADE DA DISPENSA. DOENÇA NO CURSO DO AVISO-PRÉVIO.

NULIDADE DA DISPENSA. DOENÇA NO CURSO DO AVISO-PRÉVIO. Caso em que, apesar da juntada de exames médicos demonstrando que, durante o aviso-prévio, foi diagnosticada a existência de cálculos na vesícula biliar da reclamante, não houve comprovação de que estivesse incapacitada para o trabalho no momento da sua dispensa. Validade do ato da despedida que se mantém. Recurso ordinário da reclamante desprovido no aspecto.
(TRT da 4ª Região, 7ª Turma, 0020243-35.2016.5.04.0141 RO, em 22/11/2018, Desembargador Wilson Carvalho Dias – Relator)

Deixe uma resposta