INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES.

INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES.

ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES. Comprovado nos autos que o trabalhador utilizava EPIs capazes de atenuar os níveis de ruído a patamar inferior ao limite de tolerância previsto no Anexo nº 01 da NR 15 da Portaria MTE nº 3.214/78, e também de evitar contato direto com agente químico considerado insalubre, não faz jus ao pagamento do adicional de insalubridade.

(TRT da 4ª Região, 4ª Turma, 0020863-25.2017.5.04.0331 ROT, em 06/11/2019, Desembargador George Achutti – Relator)

INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES.

DECISÃO NA INTEGRA CLIQUE AQUI

INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES.

ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES. Comprovado nos autos que o trabalhador utilizava EPIs capazes de atenuar os níveis de ruído a patamar inferior ao limite de tolerância previsto no Anexo nº 01 da NR 15 da Portaria MTE nº 3.214/78, e também de evitar contato direto com agente químico considerado insalubre, não faz jus ao pagamento do adicional de insalubridade.

(TRT da 4ª Região, 4ª Turma, 0020863-25.2017.5.04.0331 ROT, em 06/11/2019, Desembargador George Achutti – Relator)

INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES.

ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES. Comprovado nos autos que o trabalhador utilizava EPIs capazes de atenuar os níveis de ruído a patamar inferior ao limite de tolerância previsto no Anexo nº 01 da NR 15 da Portaria MTE nº 3.214/78, e também de evitar contato direto com agente químico considerado insalubre, não faz jus ao pagamento do adicional de insalubridade.

(TRT da 4ª Região, 4ª Turma, 0020863-25.2017.5.04.0331 ROT, em 06/11/2019, Desembargador George Achutti – Relator)

INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES.

ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. UTILIZAÇÃO DE EPIs EFICAZES. Comprovado nos autos que o trabalhador utilizava EPIs capazes de atenuar os níveis de ruído a patamar inferior ao limite de tolerância previsto no Anexo nº 01 da NR 15 da Portaria MTE nº 3.214/78, e também de evitar contato direto com agente químico considerado insalubre, não faz jus ao pagamento do adicional de insalubridade.

(TRT da 4ª Região, 4ª Turma, 0020863-25.2017.5.04.0331 ROT, em 06/11/2019, Desembargador George Achutti – Relator)

 

Deixe uma resposta