REVERSÃO DA JUSTA CAUSA JURISPRUDÊNCIA

REVERSÃO DA JUSTA CAUSA JURISPRUDÊNCIA

EMENTA REVERSÃO DA JUSTA CAUSA. A despedida por justa causa, por representar a penalidade máxima aplicável pelo empregador na vigência do contrato de trabalho, exige prova inequívoca da falta imputada ao empregado, situação verificada nos autos. Despedida por justa causa mantida.

(TRT da 4ª Região, 6ª Turma, 0020984-10.2017.5.04.0022 ROT, em 06/11/2019, Desembargadora Maria Cristina Schaan Ferreira – Relatora)

REVERSÃO DA JUSTA CAUSA JURISPRUDÊNCIA

DECISÃO NA INTEGRA CLIQUE AQUI

REVERSÃO DA JUSTA CAUSA JURISPRUDÊNCIA

EMENTA REVERSÃO DA JUSTA CAUSA. A despedida por justa causa, por representar a penalidade máxima aplicável pelo empregador na vigência do contrato de trabalho, exige prova inequívoca da falta imputada ao empregado, situação verificada nos autos. Despedida por justa causa mantida.

(TRT da 4ª Região, 6ª Turma, 0020984-10.2017.5.04.0022 ROT, em 06/11/2019, Desembargadora Maria Cristina Schaan Ferreira – Relatora)

 

REVERSÃO DA JUSTA CAUSA JURISPRUDÊNCIA

EMENTA REVERSÃO DA JUSTA CAUSA. A despedida por justa causa, por representar a penalidade máxima aplicável pelo empregador na vigência do contrato de trabalho, exige prova inequívoca da falta imputada ao empregado, situação verificada nos autos. Despedida por justa causa mantida.

(TRT da 4ª Região, 6ª Turma, 0020984-10.2017.5.04.0022 ROT, em 06/11/2019, Desembargadora Maria Cristina Schaan Ferreira – Relatora)

REVERSÃO DA JUSTA CAUSA JURISPRUDÊNCIA

EMENTA REVERSÃO DA JUSTA CAUSA. A despedida por justa causa, por representar a penalidade máxima aplicável pelo empregador na vigência do contrato de trabalho, exige prova inequívoca da falta imputada ao empregado, situação verificada nos autos. Despedida por justa causa mantida.

(TRT da 4ª Região, 6ª Turma, 0020984-10.2017.5.04.0022 ROT, em 06/11/2019, Desembargadora Maria Cristina Schaan Ferreira – Relatora)

EMENTA REVERSÃO DA JUSTA CAUSA. A despedida por justa causa, por representar a penalidade máxima aplicável pelo empregador na vigência do contrato de trabalho, exige prova inequívoca da falta imputada ao empregado, situação verificada nos autos. Despedida por justa causa mantida.

(TRT da 4ª Região, 6ª Turma, 0020984-10.2017.5.04.0022 ROT, em 06/11/2019, Desembargadora Maria Cristina Schaan Ferreira – Relatora)

 

 

Deixe uma resposta